Administrar, Organizar e Facilitar a Rotina Doméstica


Administrar e organizar as tarefas diárias do lar é uma rotina um pouco chata e cansativa, mas adquirindo pequenos hábitos, modificando as formas de realizar o que tem que ser feito e programando as atividades, o dia-a-dia torna-se mais leve e a organização passa a fazer parte do nosso cotidiano. Para começar, analise o ambiente, doe o que não usa mais, jogue fora o que não tem mais utilidade e arrume tudo de uma forma prática e fácil de manter organizado. Uma casa limpa, com armários, gavetas e despensa organizadas, com contas e documentos guardados e em ordem e uma cozinha prática e eficiente, deixa a vida muito mais tranquila. Depois é só fazer um Programa de Organização que vai variar de acordo com o tempo e os horários disponíveis. Aqui você encontra dicas e sugestões para montar sua programação pessoal, para se organizar e ter uma vida mais gostosa e feliz.

sexta-feira, julho 26, 2013

Vida Financeira Equilibrada

       
         Definir o padrão de vida de acordo com a renda é o primeiro passo para garantir uma vida financeira organizada. Nunca gaste mais do que recebe e procure sempre poupar uma parte, por pequena que seja, para futuros projetos. Nestas horas, uma planilha de gastos ajuda muito. Nela você coloca as receitas e todas as despesas, fixas e variáveis. Fica mais fácil descobrir os pontos fracos, onde economizar, etc.
          Se o seu orçamento estiver equilibrado, para poupar, existem duas alternativas: aumentar a renda ou diminuir os gastos. Um dinheirinho a mais você pode ganhar com um trabalho extra nas horas de folga, pequenos bicos nos fins de semana e feriados, ou ainda com trabalhos manuais como crochê, tricô, bordados ou outra habilidade que tenha e que possa vender para aumentar a renda.
          Para diminuir os gastos é fundamental fazer um planejamento orçamentário, para gastar de um modo racional, cortando gastos com coisas inúteis e desnecessárias.
Veja algumas dicas:

  1. Prefira comprar à vista, com desconto, mas se tiver que parcelar, evite longos financiamentos, para não ter que pagar altos juros e verifique se o valor da prestação cabe no seu orçamento.
  2. Planeje suas compras, não compre por impulso, veja se realmente necessita daquela coisa neste momento.
  3. Procure liquidações e ofertas, e faça pesquisa de preços em várias lojas, para fazer um bom negócio.
  4. Sempre que possível compre produtos em oferta em maior quantidade,  para estocar.
  5. Antecipe as compras de Natal, Dia das Crianças, Dia das Mães, etc, para aproveitar preços mais baixos e economizar.